Peelings e Tratamentos Para a Acne


Olá a todas! Ontem uma leitora, pediu-me para falar sobre a minha experiência com a acne, e sobre os vários tratamentos que fiz e o post de hoje é dedicado exclusivamente a isso!

Como grande parte das raparigas, comecei a ter acne por volta dos 12/13 anos, na cara, pescoço e costas. Desde ai sempre me preocupei, sempre foi algo que me incomodou imenso, das minhas amigas era a que mais sofria de acne e sempre foi algo que mexia comigo e com a minha auto-estima
.
A primeira vez que comprei algo para a acne,  lembro-me de o ter comprado às escondidas, juntei algum dinheiro e comprei um exfoliante da Clearasil, que se traduziu em queimaduras na minha pele, foi algo terrível, mal conseguia dormir, a minha pele estava a escamar, estão a ver a sensação que têm quando apanham um escaldão enorme? Era assim que me sentia.
Claro que depois consultei uma dermatologista, que me receitou um gel lavante e um creme mas pouco ou nada fez. Continuei assim durante anos, houve  um mês em que cheguei a gastar mais de 150 euros na farmácia, em cremes, comprimidos, e numa data de outros produtos para a acne. Chegou a um ponto que simplesmente aceitei que não valia a pena fazer mais nada

Tudo mudou, quando em 2015, tive uma crise grave de eczema, onde mudei de dermatologista
Encaminharam-me para um dermatologista especializado em dermatologia estética e foi a salvação da minha vida!!!

Em relação ao eczema, o Dr. Luís não podia ter tratado melhor de mim e numa semana estava tratada.
Sabendo que era um dermatologista especializado em estética, resolvi expor-lhe a minha luta com o acne e pedir-lhe ajuda.
Primeiro, ajudou-me a conhecer a minha pele, que diga-se de passagem que é uma pele complicada, desidratada, bastante sensível e reativa com tendência a oleosa ou seja precisa de uma boa hidratação, mas ao mesmo tempo é necessário retirar-se a oleosidade e para piorar a situação não recebe qualquer creme. O tratamento foi feito da seguinte forma: Para tratar a oleosidade tomava uns comprimidos e o boost de hidratação era dado por cremes e em vez de usar um gel lavante usava água micelar para lavar o rosto, algo que desde então não dispenso na minha rotina diária.

Tudo correu às mil maravilhas, no entanto haviam alturas em que o facto de estar mais nervosa, ou por vezes comer pior, me fazia ter umas crises horríveis no rosto e no pescoço. Fui a uma consulta com uma dessas crises e o dermatologista aconselhou-me a fazer um Peeling. Foi de longe a melhor coisa que podia ter feito à minha pele. Vou explicar-vos tudo sobre o Peeling Químico.



O que é?

O Peeling Químico é um processo estético, que consiste na aplicação de ácidos sobre a pele para retirar as camadas danificadas e promovendo a renovação da pele. O Peeling, remove as células mortas das duas primeiras camadas da pele, a derme e a epiderme. Entre estas duas camadas há uma membrana basal com células capazes de produzir mais células e é isto que promove a renovação. Como há diversas camadas, há também diversos tipos de Peeling: o superficial, o médio e o profundo. Os ácidos usados no Peeling dependem da camada da pele a tratar. Esta camada é vista através do problema, por exemplo se formos tratar o acne, este varia entre um Peeling superficial e médio, consoante o estado o problema, se formos tratar rugas profundas já estamos a falar de um peeling profundo. 
Espero ter-me feito entender o melhor possível.

Benefícios

Tratamento do acne e das cicatrizes;
Remove manchas;
Elimina e ameniza rugas;
Clareia a pele e elimina manchas do sol ou sardas por exemplo;
Renova a pele e a produção de colágeneo e elastina;
Melhora a textura da pele;
Torna a pele muito mais luminosa e jovem.


Contras

Se não tiverem cuidado com a proteção solar e exposição solar após o tratamento podem ficar com manchas. 




A minha experiência
Procurei, procurei e procurei, mas não consegui mesmo encontrar uma foto onde estivesse com uma crise grave de acne, só encontrei esta, evitava ao máximo tirar fotos nestas alturas. Mas imaginem o dobro de borbulhas e vermelhidão que vêm na primeira imagem, isso era eu com uma crise. Na segunda imagem sou eu meses após o tratamento e sem uma única borbulha.
O Peeling que fiz, foi médio, e foi feito a partir da junção do Ácido Salicílico e Mandélico, é uma técnica ainda não muito comum cá em Portugal, o Ácido Mandélico penetra a epiderme de forma mais lenta e uniformemente, o que é ideal para as peles mais sensíveis e reativas, o Ácido Salicílico, penetra mais rápidamente, de forma a prevenir a pigmentação pós inflamatória. Foi está junção de ácidos que fez com que a minha pele não ardesse, não ficasse vermelha e com que a escamação fosse feita de forma microscopia, ao contrário do que estamos acostumados em relação aos Peelings
O tratamento foi feito em 20 minutos, primeiramente o dermatologista aplicou-me álcool no rosto inteiro, para retirar toda a gordura, e de seguida foi-me aplicado o Ácido Mandélico se não me engano e de seguida o Salicílico, fiquei à espera uns 10/15 minutos para que actuasse e e o rosto foi limpo com água. Para finalizar foi-me aplicado uma boa quantidade de creme hidratante,
Em termos de pós tratamento, no dia a seguir já podia usar maquilhagem, tinha de ter um cuidado extra com a proteção solar e aplicar protetor solar mais vezes ao dia e estávamos em Fevereiro.
Depois de ter feito o Peeling, nunca mais tive uma crise de acne. Estou a pensar voltar a fazer mais um ou dois Peelings por uma questão de prevenção do envelhecimento da pele,  "Chegar aos 50 com uma pele de 20", é este o meu lema, quem me conhece sabe que tenho muitos cuidados com a pele, afinal se tivermos uma pele bonita e saudável podemos perfeitamente por de lado bases e corretores no dia a dia e para além disso se não tivermos uma boa pele, não há maquilhagem que assente de forma bonita.
Atenção!!!!
Se estiverem a pensar em fazer um Peeling, consultem SEMPRE um dermatologista e façam-no com ele, este processo é feito com ácidos perigosos que se não forem utilizados por um profissional especializado podem causar danos graves à pele. 
O meu Peeling, foi feito no Centro Clínico do SAMS em Lisboa, com o Dr. Luís Uva, no entanto sei que também dá consultas da Clinica D´Avenue Clinic, na Avenida da Liberdade em Lisboa.

CONVERSATION

1 comentários:

  1. Obrigada Daniela pela atenção e pela partilha 😊 identifico.me com a tua experiência, sofro de acne desde a adolescência e hoje com 22 continuo com crises. Tenho fases boas mas gostava de estar a 100% o ano todo. Estava a precisar de umas luzes sobre os peelings, muito obrigada pela ajuda 😊

    ResponderEliminar