Conversa de Aeroporto


Aeroporto, um sítio de reencontro para uns, um sítio de despedida para outros, e para mim, sinónimo de novas experiências e aventuras. São 4 e meia da manhã, estou aqui desde a uma da manhã, é interessante ver quantidade de pessoas, línguas diferentes, o cansaço de uns de fazerem escala e a ansiedade de outros de alargar horizontes. Para não falar nos pilotos e nos hospedeiros de bordo da TAP, altos e uns verdadeiros gatos, capazes de colocar qualquer miúda ou mulher a suspirar. E o Duty Free?! Bem... apesar de perder horas lá dentro, a forretice fala mais alto.

Algo que também gosto muito de fazer é dar umas quantas vistas de olhos no painel, das partidas, e deixar-me levar com todos os meus "futuros destinos". Curiosamente ouço todas as línguas à volta, o que me dá uma vontade enorme de perguntar o que acharam do nosso país, de onde vieram, do que mais gostaram, se me aconselham a ir ao país delas, sítios a visitar etc etc...

É impossível não admitir... há algo nostálgico aqui, algo que divide a tristeza e a alegria. Este sitio traz-me memórias tão boas, com pessoas tão queridas no meu coração, e lá no fundo uma vontade enorme de repetir aquelas viagens... Faz-me lembrar a minha primeira viagem a Paris, viagem essa que me diz tanto, afinal foi a concretização de um sonho que tinha desde que me lembro: ir à Disney, faz-me lembrar da minha avó afinal ela sempre impulsionou esta minha maneira de ser, esta fome de conhecer sítios novos, aventurar-me nem que fosse sozinha, afinal ela não fez as viagens da vida dela porque não tinha ninguém.

Mais que locais de partida e chegada, são locais onde podemos começar um capitulo novo na nossa vida, locais que nos dão dor, que nos aliviam, são locais de mudança. Não sei o que é, mas há algo que me prende aqui,

CONVERSATION

1 comentários: