The Prom Dress


Continuando na onda do baile de finalistas, hoje venho contar-vos um pouco da busca incessável pelo vestido perfeito que acabou por levar a desenhar um.
Fui uma daquelas raparigas, que desde que chegou ao Secundário, pensa no baile e no vestido... especialmente no vestido. Cheguei ao 12º ano, tinha mil e uma ideias em mente, achava que encontrar o vestido seria super fácil, afinal tinha estado 3 anos em preparações. Afinal tinha ido aos 3 bailes de finalistas da minha geração de Secundário .Mandar fazer um vestido, nunca esteve nos meus planos, a verdade é que quando entrei no 12º ano e comecei a procurar realmente o vestido para o baile, não encontrei nenhum que me enchesse as medidas, ou eram muito foleiros, com grandes pedras, eram demasiado simples, vulgares, e umas lojas vendiam vários vestidos que vemos na internet por um absurdo de preço...

Já estávamos em Janeiro e acabei por me aventurar nas lojas da Avenida da Liberdade, tal era o desespero, e como estávamos em época de saldos, acaba por pagar o mesmo que pagaria noutra loja, mas para minha tristeza, resumiu-se a "Este é lindo... mas não é o tal", apesar de gostar mais do que via, não me identificava com nenhum, na Pronovias, namorei mais os vestidos de casamento do que os de cerimônia, vi vestidos lindos, simples, delicados e elegantes. Era exatamente isso que queria no meu vestido do baile, algo que transparecesse a minha personalidade.

Cheguei a casa peguei num papel e numa caneta e desenhei o vestido que vêem na imagem: um vestido envasê, bem cintado na cintura, com o detalhe das costas abertas bordadas com cristais e renda recortada. Queria algo simples, elegante e delicado mas que tivesse um detalhe que fizesse a diferença, neste caso as costas abertas, que acabaram por dar um toque sexy, romântico e jovem ao vestido.
A cor escolhida foi um cor de rosa quartz bem delicado  (nas fotos não se vê realmente o tom, por causa da saturação), porque o rosa?! Bem... haverá cor mais feminina, delicada e romântica que o rosa?. Adoro rosa, é uma cor que transparece muito a minha personalidade, sempre que vou a alguma loja, as primeiras peças para que olho são as rosa, no meu armário predominam 3 cores: o rosa, branco e preto.

O vestido foi feito pelas mãos de fada da D.Julia, que está mais que acostumada em tornar os sonhos realidade, ajudou-me na escolha do tecido, dos cristais em tudo, mandar fazer um vestido é sempre um grande risco porque nunca sabemos realmente se ele vai ficar como imaginamos. Em cada prova apaixonei-me mais e mais pelo vestido e no final, soube que tinha tomado a melhor decisão, foi impossível as minhas colegas e professoras não olharem para o vestido e não dizerem "É mesmo a tua cara".

Se hoje fosse hoje o baile, o meu vestido seria preto de cetim, com decote em V e uma racha e teria levado os lábios vermelhos.



CONVERSATION

0 comentários:

Enviar um comentário